Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Combustíveis biológicos não tão ecológicos? Uma ONG diz que sim

 

Quatro ONGs processaram a União Europeia por ter escondido documentos que afirmam os aspectos negativos dos biocombustíveis.

 

De acordo com estas ONGs, a política de novos combustíveis europeus pode criar o equivalente a 1,5 mil milhões de toneladas de gases que produzem efeito de estufa, o mesmo que a Rússia ou a Índia produzem.

 

Duras críticas foram feitas à Comissão Europeia, falando-se em falta de liberdade de informação e numa operação opaca relativa à política de combustíveis ecológicos.

 

Uma porta-voz da Comissão já veio a público refutar as criticas, argumentando que não estão ainda disponíveis 7 dos 27 planos nacionais, pelo que não é possível uma resposta mais precisa.

 

Seja como for, é mais um contributo para a as dúvidas que muitos lançam sobre os biocombustíveis.


 

À atenção de Portugal: gás natural com novo projecto

A empresa de exportação de gás natural, LNG Nabucco, uma das empresas que Portugal usa para importar gás natural, tem um novo projecto em mãos.

 

Roménia e Hungria aliaram-se com Azerbeijão e Georgia com o propósito de trazer gás natural liquidificado para as suas regiões.

 

No que toca a Portugal, esta ideia traria alguns benefícios, nomeadamente a proximidade, visto que Portugal importa sobretudo da Argélia. No entanto, os críticos apontam os custos elevados e a vulnerabilidade como as grandes falhas.


 

UE e Brasil: em Bruxelas dia 22 de Setembro

 

No próximo dia 22 de Setembro, das 15:00 às 18:00, no Parlamento Europeu, em Bruxelas,  terá lugar o Seminário entre União Europeia e Brasil, com vista ao Diálogo sobre Sociedade de Informação e Media. Depois de se terem iniciado as cimeiras UE Brasil as relações entre ambas as partes têm-se desenvolvido. Uma oportunidade que devemos acompanhar. E aproveitar.


 

Economia biológica para promover inovação

 

 

A Comissão Europeia quer ajudar a indústria da economia biológica. Da agricultura e floresta aos combustíveis e à pesca, esta área já emprega 22 milhões de pessoas e continua a crescer.

 

Segundo a Comissária para a Inovação, Máire Geoghegan-Quinn, esta é a altura certa para apostar nesta indústria de modo a tornar a Europa numa líder nas ciências ''verdes''. Além disso, a Comissária prometeu investimento na educação, pesquisa e inovação. Economia biológica, pois então.


REACH. Prazos para registrar as químicos mais usados ou mais perigosos termina a 30 de Novembro.

Por força das regras impostas pelo regulamento REACH, as empresas terão de registar os químicos mais usados e também os mais perigosos até 30 de Novembro.

 

Segundo o Comissário para o Ambiente, Janez Potocnik, a indústria europeia de químicos deve ser sustentável. Como tal, o Comissário vê este registo como uma oportunidade para aumentar e desenvolver a competitividade, inovação e criação de empregos numa Europa mais limpa e saudável.

 

Negociações UE-Mercosul: Comissário europeu em viagem a Brasil e Argentina entre 13 a 16 de Setembro

 

Karel de Gutch, Comissário para o Comércio, viaja ao Brasil e à Argentina com vista a um acordo sobre comércio livre entre UE e Mercosul.

 

Segundo o Comissário, ''um acordo equilibrado e ambicioso de comércio livre entre a UE e o Mercosul poderia trazer benefícios económicos a ambas as partes e contribuir para a recuperação económica''.

 

Além de vários políticos, como o Ministro do Comércio brasileiro, Celso Amorim, Karel de Gutch vai, ainda, reunir-se com empresários e representantes da indústria. A importância económica do Brasil é crescente, e do Mercosul também. Como os portugueses sabem.

 

Eurovinheta: só França e Alemanha saem a ganhar por serem países centrais enquanto Península Ibérica e Holanda perdem por serem periféricos

 

 

Segundo um estudo da ProgTrans, uma empresa de consultadoria no sector dos transportes, a  introdução da ''eurovinheta'' (um imposto para veículos pesados de mercadorias pela utilização da rede rodoviária europeia) criaria um custo acrescido de 414 biliões de euros por ano, na economia europeia.  Segundo o mesmo estudo, só as economias francesa e alemã é que seriam beneficiários líquidos desta cobrança.

UE e Brasil: em Bruxelas dia 22 de Setembro

 

 

No próximo dia 22 de Setembro, das 15:00 às 18:00, no Parlamento Europeu, em Bruxelas,  terá lugar o Seminário entre União Europeia e Brasil, com vista ao Diálogo sobre Sociedade de Informação e Media. Depois de se terem iniciado as cimeiras UE Brasil as relações entre ambas as partes têm-se desenvolvido. Uma oportunidade que devemos acompanhar. E aproveitar.


 

Da recuperação para a energia. 115 milhões de euros transferidos dos planos de recuperação para eficácia energética

Dia 3 de Setembro, os deputados europeus votaram favoravelmente a uma re-alocação de fundos que sobraram dos planos de recuperação económica. Cerca de 115 milhões de euros serão usados em projectos de eficácia energética.

 

De acordo, com os planos de energia, os projectos apresentados terão de cumprir certos requisitos como, por exemplo, um impacte rápido e significativo na recuperação económica, segurança energética ou redução de gases que provoquem efeito de estufa. A eficiência energética é, de facto, uma das prioridades da UE, das suas verbas e das suas políticas. Convém saber. E estar atento.


Política europeia também no desporto. Para lá caminhamos.

 

Quando a Comissão Europeia se prepara para as primeiras iniciativas de desporto estabelecidas na Estratégia Europa 2020, um grupo de eurodeputados escreveu uma declaração sobre o apoio da União Europeia nos desportos mais populares.

 

Este documento analisa o impacto da crise económica no desporto e a contribuição deste em áreas-chave da economia, além do do seu papel pedagógico.

 

Mais importante, o desporto começou a ser tratado pela União Europeia e em breve serão conhecidas as propostas da Comissão, que serão publicadas a 10 de Novembro.


As PMEs e o novo Mercado Único Europeu: a love story?

 

A Comissão Europeia quer revitalizar o mercado único, acreditando na facilidade de adaptação, empregabilidade e rápido crescimento das pequenas e médias empresas para esse objectivo.

 

Assim sendo, estão previstos novos fundos, a partir de 2012, além de uma ajuda, inspirada no mercado francês, de modo a facilitar o acesso à Bolsa por parte das PMEs.

 

A enorme maioria das empresas europeias são PMEs. Bem que precisamos de uma final feliz.


Parlamento Europeu e sete governos rejeitam patente europeia

 

O Tribunal Europeu de Justiça recebeu uma ''nega'' do Chipre, Grécia, Irlanda, Itália, Lituânia, Itália e Espanha, além do Parlamento Europeu, no que toca a um sistema de patente europeia.

 

A Comissão Europeia vê, assim, negada a sua intenção de criar o Gabinete Europeia de Patente. Para a Comissão, este sistema iria dinamizar a inovação e a competitividade.

 

Enquanto o Parlamento afirma que é demasiado cedo para discutir este sistema, do outro lado, 14 países, incluindo, França, Alemanha, Reino Unido e Bélgica apoiam a Comissão.

 

Concluindo, as patentes europeias ainda vão precisar de muita discussão até ser criado um verdadeiro sistema de patenteado europeu.


Pág. 1/2

Sobre o autor


UE via SAPO Notícias

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.