Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Mercado Único da energia pode vir a contar com a Suíça

 

 

Os números são da Comissão Europeia.

 

Mais de 900 mil cidadãos da UE vivem e trabalham na Suíça.

 

Por isso é importante manter acordos bilaterais com o país e integrá-lo no futuro mercado único da energia.

 

O objectivo é harmonizar as regras entre todos os fornecedores, promover o investimento em rede e garantir o fornecimento energético entre a UE e a Suíça.

 

Se isto acontecer, devido à sua localização geográfica, a Suíça poderá tornar-se num dos maiores centros de armazenamento de energia da Europa.

 

As negociações bilaterais sobre um possível acordo energético decorrem desde 2007.