Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

França a marcar terreno no debate do orçamento para 2012

 

 

 

 

 

O Governo Francês disse à Comissão Europeia que é “prioritário” reduzir o orçamento para a política de coesão.

 

Segundo alguns ministros de Sarkozy, as regiões já não precisam de fundos estruturais a partir de determinado nível de desenvolvimento.


No entanto isto vem contrariar os mais recentes esforços da Comissão, no quinto relatório sobre a política de coesão, para flexibilizar e tornar o sistema mais eficiente através da criação de uma nova categoria para a atribuição de fundos para regiões cujo PIB encontra-se entre os 75% e 90% da média europeia.


A Comissão quer que o próximo orçamento dê prioridade às verbas para a competitividade para promover a economia europeia e menos atenção à agricultura e desenvolvimento regional.