Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Silvicultura quer apoio da PAC

 

 

 

Ajudam no combate às alterações climáticas e é delas que se retiram as energias alternativas, decisivas para alcançar as metas ambientais propostas pela CE.

 

As florestas e matas ocupam 44 % da área total da Europa e o sector que as representa quer que a nova Política Agrícola Comum (PAC), tenha isso em conta.

 

Exigem que os madeireiros e donos de florestas sejam recompensados pelos serviços que prestam ao ambiente, e que recebam incentivos para que os recursos possam ser geridos de forma mais sustentável.

Afirmam que um sector florestal competitivo ajuda a manter a vitalidade das zonas rurais, a preservar a biodiversidade, a evitar o abandono das terras e o êxodo rural.

As propostas para a nova PAC estão a ser finalizadas.