Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Aviação na UE: se poluir, paga

 

 

A Comissão Europeia (CE) estipulou que a aviação será incluída,  a partir de 1 de Janeiro de 2012, no regime de comércio de licenças de emissão de gases com efeito de estufa da UE (EU ETS). As emissões provenientes do sector da aviação, que duplicaram nos últimos 20 anos, representarão 10% das emissões cobertas.

Para 2012, o tecto máximo para voos de e para a UE será de 213 milhões de toneladas de CO2.

De 2013 em diante, o valor rondará os 208,5 milhões. 82% deste valor será distribuído gratuitamente pelos cerca de quatro mil operadores de aeronaves do espaço europeu, 15% será leiloado e 3% ficará destinado a novas companhias.

 

A CE estima que o custo dos voos internos aumentará entre 1,8 a 9€.

As aeronaves ligeiras e os voos de estado, militares ou de ajuda de emergência ficam isentos.