Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Testes de “stress” para centrais nucleares na UE

 

 

Os trágicos acontecimentos ocorridos no Japão e o eminente perigo de catástrofe nuclear na central de Fukushima, precipitaram o debate sobre a segurança das centrais existentes na UE.

Para evitar perigos futuros todas vão ser sujeitas a testes de segurança contra riscos de tremores de terra, tsunamis, ataques terroristas e cortes de energia.

Todos os chefes de estado concordaram em realizar os testes, mas até agora só a Alemanha, a França e a Espanha se comprometeram a fechar os reactores que chumbem no exame.

A UE quer também garantir que tudo está a ser devidamente controlado nas centrais nucleares dos países vizinhos da Europa.

Os teste vão ocorrer até ao final do ano.

Os 27 estados membros têm, ao todo, cerca de 150 reactores nucleares.