Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Energias muito alternativas

 

Arranha-céus com vidros absorventes, uniformes militares alimentados a raios solares e painéis a flutuarem por rios e mares.
A Solaris Synergy, empresa de Jerusalém, quer painéis solares a flutuar nos espaços fluviais e marítimos e não a ocupar extensões enormes de terreno. No Sul de França, a Solaris e a gaulesa EDF, testam estes painéis em águas revoltas e os resultados podem ser revolucionários. A Universidade de Glasgow e o departamento de Defesa do Reino Unido  colocaram células solares em uniformes militares que aquecem ou arrefecem consoante as necessidades e permitem maior mobilidade aos utilizadores.  E o Instituto Fraunhofer, na Alemanha, investiga métodos de revestimento ultra-absorventes de luz solar que tornem os edifícios energeticamente mais eficientes. Três novos protótipos a indicar que a energia solar ainda tem muito por explorar.