Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Cimeira da Terra: desta vez é a sério

 

Com a próxima Cimeira da Terra a aproximar-se e as negociações climáticas a intensificarem-se, Brice Lalonde, coordenador executivo da cimeira organizada pelas Nações Unidas (ONU), apelou a um compromisso juridicamente vinculativo através de negociações ao estilo da Organização Mundial do Comércio.
Lalonde, numa audição pública no Parlamento Europeu, disse que espera que a cimeira do próximo ano, no Rio de Janeiro, seja decisiva. Hoje, as agências da ONU não têm autoridade para impôr reformas e Lalonde deseja um compromisso sobre desenvolvimento sustentável como o ocorrido no pós-Segunda Grande Guerra relativamente ao comércio (em que se adoptou a ideia de que “o comércio é bom para todos”).