Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Eficiência energética dos edifícios : uma solução em duas fases


De acordo com um estudo recentemente publicado pelo Building’s Performance Institute Europe, a renovação profunda e bi-faseada dos edifícios europeus resultaria numa poupança de 71% de energia em 2050 e criaria 800 000 empregos relacionados com as energias limpas.

 

Os edifícios europeus ocupam 24 000 milhões de metros quadrados. Uma vez que contribuem para um consumo de energia primária na ordem dos 40% e para a emissão de 36% de carbono, é necessário um programa massivo para a sua renovação, de forma a que a Europa consiga atingir os objectivos, a que se propôs para 2050, no sentido de reduzir as emissões de CO2 em 80% a 95%.

 

Ainda de acordo com aquele estudo, apenas um esquema de renovações profundas ou de renovações bi-faseadas, com as segundas fases de renovação a ocorrer após 2030, permitirão à Europa atingir os objectivos de 2050.

 

A directiva europeia relativa à eficiência energética propôs recentemente um obectivo de 3% de renovação de edifîcios para obviar à perda de calor, mas apenas no que respeita aos edifícios públicos, que representam apenas 12% dos edifícios europeus.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.