Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Mercados financeiros mais transparentes

 

A crise financeira de 2008 veio pôr à prova a Directiva MiFID – mercados de instrumentos financeiros – que tinha entrado em vigor apenas um ano antes. É que apesar dos benefícios que a Directiva trouxe em termos de concorrência, ela mostrou-se insuficiente perante os problemas criados pela crise de 2008.

 

Foi por esta razão que a Comissão Europeia lançou agora uma proposta de revisão desta Directiva, com o objectivo de aumentar a transparência nas transacções ao alargar o âmbito das regras a mais tipos de plataformas de negociação; de reforçar os poderes dos reguladores, como a Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados; e de criar um ambiente de maior protecção aos investidores através de novas regras de responsabilidade e conflito de interesses para os gestores e consultores.

 

O Comissário para o Mercado Interno, Michel Barnier, comentou que esta proposta de revisão visa criar um mercado financeiro europeu melhor, mais seguro e mais aberto. A proposta de revisão vai agora ser avaliada pelo Parlamento e Conselho. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.