Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Segurança aérea: prioridade absoluta


Na semana passada, a Comissão Europeia actualizou pela 18a. vez a lista das companhias aéreas proibidas na União Europeia.

 

Das novidades destacam-se a TAAG - Linhas Aéreas de Angola, que está agora autorizada a acrescentar duas aeronaves à lista daquelas que efectuam operações com destino à UE, a Jordan Aviation, a cuja frota foram parcialmente impostas restrições de operação (devido às inúmeras deficiências de segurança registadas) e a Rollins Air, certificada pelas Honduras, à qual foi proibida a totalidade das operações.

 

A lista europeia actualizada inclui 273 transportadoras aéreas conhecidas, cujas operações são totalmente proibidas na União Europeia, certificadas em 21 países. Inclui ainda 4 transportadoras aéreas individuais e abrange 11 transportadoras aéreas autorizadas a efectuar operações com destino à UE, mas subordinadas a restrições rigorosas e a determinadas condições.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.