Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Como se distribui a população europeia

 

De acordo com os dados tornados públicos pelo Eurostat, baseados numa nova tipologia desenvolvida pela Comissão Europeia, em Janeiro de 2011 41% da população da UE vivia em regiões urbanas, 35% em regiões intermédias e 23% em regiões rurais.

 

Os países com mais elevadas percentagens de população rural são a Irlanda (73%), a Eslováquia (50%) e a Estónia (48%); os com mais elevadas percentagens de população urbana são Malta (100%), Holanda e o Reino Unido (ambos com 71%) e a Bélgica (68%). Com mais nacionais a viverem em regiões intermédias encontram-se a Suécia (56%), a Estónia (52%) e a Bulgária (45%).

Há mar, mas...

 

Não obstante os progressos atingidos e os investimentos efectuados, as tecnologias europeias da energia das ondas e das marés pode desiludir as expectativas para 2020 e demorar mais uma década para contribuir de forma significativa para o abastecimento energético,

 

De facto, apesar dos desenvolvimentos verificados neste domínio, os números decepcionaram as expectativas: para oito mil milhões de euros em investimentos, apenas deverão ser geradas umas centenas de megawatts em 2020.

 

Os especialistas afirmam que são necessários muitos mais investimentos públicos até os projectos atingirem a fase comercial, sendo ainda necessárias subvenções até ser alcançado o estágio de rentabilidade das tecnologias. Mas em tempo de crise, outras prioridades se impõem.

Pág. 4/4