Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Guia para transformar lixo em ouro

Na União Europeia há Estados-membros com taxas de reciclagem de 70% e outros que ainda depositam em aterro três quartos dos seus resíduos. O mais recente relatório da Comissão Europeia (CE) mostra que a utilização articulada de três instrumentos revela-se crucial para desviar o fluxo de resíduos para percursos mais sustentáveis: impostos e/ ou proibições respeitantes à deposição em aterro e à incineração, regimes de tributação em função da quantidade de resíduos descartados e regimes de responsabilidade dos produtores.

 

Há países na UE que depositam em aterro menos de 3% dos seus resíduos urbanos - Bélgica, Alemanha, Dinamarca, Áustria, Suécia e Holanda – e que conseguiram tornar o lixo numa indústria próspera com a criação de novos postos de trabalho. Para seguir o mesmo caminho é necessária a generalização dos instrumentos acima propostos. A CE incentiva os 27 a aplicarem de forma mais eficaz a legislação em vigor respeitante a resíduos para que sejam atingidos os objectivos propostos no Roteiro para a utilização eficiente dos recursos.