Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Edifícios com eficiência energética

O Parlamento Europeu e Conselho chegaram a acordo político acerca da proposta de directiva relativa ao desempenho energético de edifícios. A proposta define padrões de eficiência energética para todos os novos edifícios e para os que venham a ser alvo de grandes obras de renovação. Para além disso, a proposta impõe a inclusão de sistemas alternativos nos planos energéticos dos edifícios. Desta forma, a produção descentralizada de energias renováveis passa a ter que ser considerada com maior seriedade, tanto por parte do sector privado como do público.

A este respeito convém frisar a crescente importância da energia solar entre os novos sistemas energéticos. Segundo vários especialistas, a energia solar oferece uma importante vantagem: torna-se eficiente ao ter uma aplicação descentralizada de pequena e média escala, como é o caso dos edifícios residenciais e terciários. No entanto, as tecnologias para aplicação de energia solar em larga escala ainda aparecem muito caras aos olhos de investidores privados, deixando nas mãos dos Estados a iniciativa de construir centrais solares.

A União Europeia tem criado incentivos aos Estados-Membros neste sentido: o plano estratégico para as tecnologias energéticas disponibiliza 16 mil milhões para o desenvolvimento de plataformas de energia solar. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.