Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Uma aposta na cooperação científica internacional

 

Actualmente, um quinto dos projetos de investigação da União Europeia (UE) já conta com a participação de, pelo menos, um parceiro de fora da UE. De facto, a Europa só pode maximizar a excelência da sua base científica e das indústrias inovadoras se estiver aberta à cooperação internacional e disposta a acolher os melhores cérebros do mundo. E é por isso que a Comissão Europeia apresentou uma nova estratégia para desenvolver a cooperação internacional no domínio da investigação e da inovação.

 

Tal estratégia propõe que a cooperação seja mais orientada para as prioridades estratégicas da UE, embora mantendo a tradição de abertura à participação nas suas actividades de investigação por parte de países terceiros. A estratégia aborda também os desafios globais, o aumento da capacidade de atração da Europa como local para a investigação e a inovação e o reforço da competitividade industrial.

 

A nova estratégia será implementada maioritariamente através do Horizonte 2020, o programa de financiamento da UE para a investigação e a inovação a partir de 2014, mas também através de iniciativas conjuntas com os Estados-Membros da UE. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.