Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Consulta sobre o mercado integrado de entrega de encomendas

 

 

Muitas das empresas europeias não tiram completo proveito do seu potencial de vendas em linha porque temem não ter capacidade para gerir as limitações actualmente existentes em matéria de entregas, sobretudo quando estas devem ocorrer fora das fronteiras do país onde se encontram. Paralelamente, quase metade dos consumidores que efectuam compras a empresas sediadas noutro país também manifesta preocupações relacionadas com o sistema de entregas transfronteiriças.

 

Tendo consciência de que a eficiência do sistema de entregas e de devoluções é crucial para o desenvolvimento do comércio electrónico, a Comissão Europeia adoptou um livro verde sobre as entregas das encomendas, que serve de base a uma consulta pública que visa a recolha de opiniões acerca do melhoramento do seu sistema.

 

Assim, se tem opinião acerca de como melhor servir os interesses dos clientes e das empresas, ou até sobre a promoção da interoperabilidade dos serviços de entrega entre os diferentes operadores do sector e entre esses operadores e os retalhistas do comércio electrónico, poderá manifestá-la em linha até ao dia 5 de Fevereiro de 2013.

 

Vídeo que ilustra os problemas com que se confrontam os retalhistas do comércio electrónico.