Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Protecção do know-how no desenvolvimento dos negócios e das actividades de investigação

 

A confiança é um elemento fundamental nas relações negociais. Por um lado, a partilha de informações pode ser decisiva para o sucesso de importantes oportunidades de negócio e eventual entrada em mercados potencialmente inovadores. Por outro, a protecção da propriedade intelectual constitui uma preocupação para todas as empresas, na medida em que existem limitações relativas ao objecto das patentes (que, por exemplo, não protegem soluções de negócio, dados de marketing ou as melhorias tecnológicas).

 

Neste contexto, o sigilo empresarial no mercado interno é posto em causa, sendo as diferentes legislações apontadas como as principais causadoras dos entraves à aplicação de medidas que visam protegê-lo no quadro dos negócios transfronteiriços.

 

Tendo consciência destes problemas, a Comissão Europeia abriu uma consulta pública com vista à recolha de opiniões e análise da actual situação na União Europeia na área da protecção do know-how nas áreas do comércio e da investigação. Os potenciais interessados poderão dar o seu contributo até ao dia 8 Março do corrente ano.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.