Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

O impacto da crise económica no sector da educação na Europa

 

De acordo com um relatório elaborado para a Comissão Europeia pela rede Eurydice, a crise económica provocou a diminuição dos orçamentos da educação em 8 dos 25 Estados-Membros avaliados: Grécia, Hungria, Itália, Lituânia, Portugal, Estónia, Polónia, Espanha e Reino Unido (Escócia).

 

Apesar de reconhecer que as finanças nacionais atravessam períodos difíceis, a Comissária Europeia responsável pela Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude apelou a uma abordagem coerente em matéria de investimento público na educação e formação, sob pena de a Europa ficar aquém dos seus concorrentes e vir a deparar-se com sérias dificuldades no domínio do desemprego.

 

O relatório em questão, disponível online, revela ainda dados comparativos sobre os salários dos professores e sobre os apoios do sector público destinados aos alunos.