Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

A abordagem europeia da insolvência das empresas

 

Dados estatísticos mostram que, na União Europeia, metade das empresas não ultrapassa os cinco primeiros anos de existência e que, anualmente, cerca de duzentas mil empresas europeias abrem falência, originando assim a perda de 1,7 milhões de postos de trabalho.

 

Tendo em consideração que cerca de 25% das falências das empresas europeias têm um elemento transnacional, a Comissão Europeia, com a finalidade de dar apoio para resistir à crise a empresas viáveis, lançou uma consulta pública para auscultar opiniões sobre como dar respostas, ao nível europeu,  aos problemas emergentes desta situação.

 

Esta consulta, que também aborda as regras relativas aos gestores em caso de insolvência, pode ser respondida online até ao dia 11 de Outubro de 2013.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.