Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

E-Cars

 

O governo francês apresentou, no final do ano passado, uma estratégia nacional para a descarbonização dos transportes. Ajuda financeira ao sector automóvel de cerca de 2.5 biliões de euros, um subsídio de 5000€ a cada cidadão que compre um carro environmentally friendly, e a compra pelo Estado de cem mil veículos “verdes” são algumas das medidas do governo francês, que reclama ser o pioneiro no incentivo ao mercado dos carros a electricidade. Por esta razão, em Paris aguarda-se, com redobrada atenção, a apresentação da estratégia para os carros eléctricos (e-cars) pelo comissário para a indústria e empreendedorismo, Antonio Tajani. A estratégia será divulgada ainda este mês, e é possível que seja integrada no pacote de directivas preparado pelos comissários para o clima e transportes, Hedegaard e Kallas respectivamente, que colocam a descarbonização dos transportes no topo da das suas listas de prioridades. A par destas medidas, a Comissão Europeia prepara ainda um Livro Branco, a ser publicado em Novembro, onde se espera serem estipulados padrões europeus para os sistemas de recarregamento dos veículos a electricidade. Este mercado está a começar e o impulso vai ter de vir de Bruxelas. E, pelos vistos, de Paris também.