Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Europa mais ambiciosa na redução de CO2

De acordo com um documento não oficial, a Comissão Europeia está actualmente a analisar as várias soluções que possibilitem a redução das emissões de CO2 em 2020 em 30% dos níveis de 1990, um valor acima dos 20% que tinham sido acordados entre os Estados-Membros em 2008. De acordo com o documento, uma redução de 30% significa um aumento considerável dos custos no curto prazo, 81 biliões de euros, mas ao mesmo tempo a diminuição dos custos relacionados com as alterações climáticas no futuro. De forma a atingir estes objectivos a Comissão propõe o ajustamento do esquema de licenças de emissão de CO2, bem como a adaptação do sector dos transportes e da agricultura a práticas mais sustentáveis. Neste documento é também considerada a ideia, impulsionada sobretudo pelo governo francês, de introduzir um imposto sobre o carbono nas fronteiras da UE, embora se considere ser uma solução pouco realista, prejudicando as futuras negociações da cimeira do ambiente a acontecer no México no final do ano. O certo é que o tema, e as diferentes abordagens, se vão manter na agenda europeia.