Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Made in onde exactamente?

O Parlamento Europeu votou ( 21 de Outubro)  favoravelmente na proposta da Comissão Europeia para uma nova regulação da indicação sobre a origem de produtos importados de países terceiros.

Actualmente os fabricantes podem indicar um produto como “Made in EU” apesar de apenas uma pequena fracção do processo de montagem ter sido feito na União Europeia (UE). Com as novas regras, isto só será possível se mais de 25% do produto for feito na UE.

Esta decisão implica a criação de uma política de rotulagem, nivelando a EU com países como os Estados Unidos ou o Japão.

Esta questão ainda terá de ser aprovada a Conselho de Ministros, provavelmente no próximo ano, onde já tem suscitado reacções diversas. O Reino Unido e Suécia, grandes distribuidores, temem a queda de lucros; já Portugal, Itália e Espanha há muito de defendem esta medida na expectativa de que trave as crescidas importações de baixo-custo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.