Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Plano energético não impressiona

 

 

 

 

A nova estratégia energética da Comissão Europeia com os desafios para os próximos dez anos falha em impressionar.

 

O pacote inclui um total de mil milhões de euros para infra-estrutura energética na UE. A estratégia é reduzir o consumo de energia incentivando a renovação de edifícios e tornando-os mais eficientes a nível energético, usando par tal benefícios fiscais.

 

Outras propostas são a integração para conseguir um mercado europeu com preços competitivos e aprovisionamento seguro, além de negociar eficazmente com os nossos parceiros internacionais.

 

No entanto, e apesar dos elogios ao combate contra a ineficiência energética, as maiores críticas centram-se na falta de credibilidade por défice de medidas concretas.