Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Mais de um milhão de pessoas é diariamente afectado por vírus informáticos. A União Europeia pretende diminuir drasticamente este número.

 

A digitalização das sociedades implica a dependência crescente de redes electrónicas e de sistemas de informação expostos a um grande número de fraudes e de falsificações, cujas vítimas podem ser os utilizadores individuais, as empresas ou as autoridades públicas. O cibercrime custa à economia global cerca de 360 mil milhões de euros anuais.

 

Ciente desta situação, a Comissão Europeia apresentou, em 2013, uma proposta medidas legislativas sobre cibersegurança. Após 13 meses de negociações, o Conselho e o Parlamento Europeu chegaram finalmente a acordo acerca do texto do que será a primeira directiva europeia sobre cibersegurança.

 

Entre as finalidades desta directiva estão a harmonização das leis nacionais dos 28 Estados-Membros nesta matéria e o melhoramento da colaboração entre esses mesmos Estados e entre os sectores público e privado.

 

Infográfico do Parlamento Europeu sobre cibersegurança.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.