Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BRUXELAS

BRUXELAS

Portugal: Previsões de Primavera da Comissão Europeia

 

Apresentadas esta semana, as Previsões de Primavera para Portugal revelaram uma recuperação da economia. No entanto, a Comissão prevê que em 2018 o crescimento abrande.

 

De acordo com a Comissão, o PIB cresceu 1,4% em 2016 e o efeito positivo de carryover deverá melhorar a taxa de crescimento para 1,8% em 2017, antes de abrandar para 1,6% em 2018.

 

O crescimento do emprego e o aumento do salário mínimo contribuíram para um reforçar do consumo privado. Mas que tal como o PIB, terá um crescimento moderado após 2017.

 

Quanto ao investimento, as previsões para o sector da construção são positivas, devido a uma recuperação forte no investimento público e a um aumento gradual no investimento público e na construção imobiliária privada, ao mesmo tempo que o investimento em maquinaria e equipamento deverá expandir-se, devido a um aumento na capacidade de utilização, nas margens de lucro, e uma ligeira recuperação no crédito bancário.

 

A nível externo, o panorama é também favorável, com um saldo da balança comercial de 0,5% do PIB, impulsionado sobretudo pelo turismo.

 

O mercado de trabalho revela uma certa melhoria, passando de 11,2% em 2016 para 9,9% em 2017 e 9,2% em 2018. Para além da contribuição do sector do turismo, a criação de empregos está também a ser suportada pela recente recuperação da construção. A inflação estabilizar-se-á em cerca de 1,5%.

 

As previsões continuam, contudo, a ter um enviesamento negativo, uma vez que o sector bancário continua a enfrentar grandes desafios e que a economia continua altamente vulnerável a factores externos.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.