Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Redes Transeuropeias de Transporte (RTE-T) 2030

corridors.jpg

A Comissão Europeia publicou nove estudos sobre o ponto da situação e as necessidades de desenvolvimento das redes transeuropeias de transportes RTE-T. Estas pretendem ligar as regiões europeias e as redes nacionais através de uma infra-estrutura moderna e eficaz e são essenciais ao funcionamento do mercado interno, na medida em que garantem a livre circulação de mercadorias, de pessoas e de serviços. 

 

Os estudos identificaram necessidades de desenvolvimento de infra-estruturas que representam cerca de 700 mil milhões de euros de investimento financeiro até 2030. Destes estudos decorre, também, a necessidade de optimizar a utilização da infra-estrutura existente nomeadamente através de sistemas inteligentes de transporte, gestão eficiente e promoção de soluções de transporte "limpo".

 

Os resultados destes estudos serão tidos em conta para a atribuição de fundos no âmbito do programa Mecanismo Interligar a Europa. Mais ainda, estes resultados serão fundamentais para a criação da bolsa de projectos no âmbito do Plano de Investimento da EU. Neste contexto, a Comissão confiou ao ex Vice-Presidente da Comissão Europeia, Henning Christophersen a tarefa de identificar projectos concretos adequados para contribuir para o novo Plano de Investimento. O relatório final será apresentado na Primavera de 2015.