Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Nova Parceria Eupportunity - Africa Monitor

Captura de ecrã 2017-01-18, às 19.23.09.png

Eupportunity e o Africa Monitor estabeleceram uma parceria assente na complementaridade e nas sinergias entre duas empresas especializadas em informação sobre África, um continente cuja relevância se tem intensificado na cena mundial, tendo em conta, designadamente, a emergência de novas fontes de energia e as necessidades de diversificação económica e de reformas políticas e sociais.

 

Esta parceria alia as capacidades de ambas as empresas, tirando o máximo potencial da presença da Eupportunity em Bruxelas, onde analisa as políticas e os fundos da União Europeia disponíveis para África, e do trabalho desenvolvido pelo Africa Monitor, que reporta e analisa a informação política e económica exclusiva que recolhe a partir da sua rede nos países africanos de língua portuguesa e enquadra através do recurso às mais de 10 000 páginas de arquivos (desde 1984) sobre assuntos africanos.

 

União Europeia dá os primeiros passos na preparação de uma nova estratégia para África

 

Na reunião de ontem do Conselho Assuntos Externos, um dos principais assuntos debatidos foi o as relações entre a União Europeia e África, com a finalidade de serem fornecidas as bases para a comunicação conjunta da UE sobre os seus objectivos estratégicos e as suas prioridades para aquele continente. Esta comunicação deverá ser adoptada em Abril de 2017.

 

Comissão acaba com extracção ilegal

 

 

 

 

 

A Comissão Europeia quer desincentivar a extracção ilegal de minérios que está na origem de conflitos em África.

 

A proposta a ser apresentada até Novembro será elaborada à semelhança da lei americana  Dodd-Frank.

 

A ideia é exigir às empresas mineiras e de exploração de gás e de petróleo que revelem as ligações financeiras entre as companhias de exploração e os Governos daqueles países.


Neste momento discute-se se outras indústrias, para além das de extracção, devem ser incluídas, como por exemplo, a de silvicultura.

 

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.