Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

Financiamento para PMEs

 

A Comissão Europeia anunciou o lançamento do Programa FI-WARE Accelerator que visa financiar PMEs, Startups e empreendedores-web com aplicações ou serviços web utilizando a plataforma tecnológica FI-WARE. O FI-WARE Accelerator reúne um conjunto de organizações europeias, já lançou as primeiras candidaturas para novas aplicações e irá anunciar as próximas brevemente.

 

As candidaturas estão direccionadas às áreas da energia, da saúde, da logística, da agricultura e das industrias criativas. O programa tem cerca de 80 milhões de euros e os candidatos vencedores podem receber até 150 mil euros para desenvolver a sua aplicação. 

 

Este programa faz parte da Parceria Público-Privada Europeia para o Futuro da Internet que procura promover o empreendedorismo.

 

Aumento da aposta europeia nas Pequenas e Médias Empresas

O investimento no desenvolvimento e crescimento das PMEs é fundamental para as instituições europeias, não só pelo contexto da crise económica, que exige um maior apoio a estas empresas, mas porque reflecte uma aposta na economia e empreendorismo europeus. A UE tem desenvolvido várias iniciativas neste âmbito, como o Small Business Act para a Europa ou a Semana Europeia das PMEs, mas quer fazer mais.

 

A Comissão Europeia tem assim várias iniciativas previstas até ao final do ano: um plano de acção sobre o acesso das PMEs ao mercado de capital, uma proposta de decisão a estabelecer um programa de competitividade para as PMEs aplicável ao período 2014-2020 e, prioritariamente, uma iniciativa que visa facilitar o financiamento destas empresas. No último pacote, o objectivo é providenciar um novo modelo de fundos empresariais, mais estratégico e acessível, baseado na experiência norte-americana.

 

Um outro objectivo previsto por esta nova abordagem passa pela criação de uma rede de escritórios de PMEs que se estenda estrategicamente por países com um grande crescimento de mercado, como os mercados BRIC, com especial foco para o Brasil.

Consulta pública sobre crescimento e criação de emprego

 

 

 

 

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública sobre o financiamento em investigação e inovação.

 

O acesso ao financiamento foi facilitado de modo a gerar mais empregos e melhorar a qualidade de vida na Europa.

 

A consulta pública tem por base o Livro Verde relativo ao Quadro-Estratégico Comum lançado por sete comissários europeus entre eles Siim Kallas, Neelie Kroes e António Tajani.

 

Esta iniciativa da Comissão pretende englobar o 7º Programa-Quadro de Investigação, o Programa-Quadro para a Competitividade e Inovação e o Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia. Estes três organismos representam 59 mil milhões de euros, já ajudaram mais de nove mil projectos em 100 mil PMEs, que criaram 165 mil postos de trabalho.

 

 

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.