Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BRUXELAS

BRUXELAS

E quando o petróleo se esgotar?

 

Agora é de vez, já atingimos o pico da produção de petróleo, ou seja, gastámos mais de metade das reservas mundiais e iniciaremos em breve um período de escassez, de aumento exponencial da procura, dos preços e das tensões entre estados.
Numa conferência organizada em Bruxelas, eurodeputados, funcionários da Comissão Europeia e stakeholders expressaram a sua preocupação e apontaram caminhos a seguir, muitos deles já timbrados no Livro Branco dos Transportes, publicado em Março. Os estados-membros, por imposição da directiva relativa à armazenagem de petróleo, já possuem stocks que permitem contornar problemas temporários de abastecimento mas, a longo-prazo, só uma mudança radical permitirá aos europeus viverem sem o combustível que cobre 96% das suas necessidades energéticas.

 

UE quer novas regras para exploração do petróleo



 

Nos dias de hoje as preocupações com o ambiente são cada vez maiores.

 

Por isso, o derrame de petróleo junto ao golfo do México, em Abril de 2010, não podia ser indiferente à UE.

 

Numa área onde ainda falta legislar, a Comissão Europeia quer criar regras que garantam maior segurança na exploração do petróleo e novas condições no processo de atribuição de licenças.

 

Numa primeira avaliação foram identificadas várias falhas de segurança assim como de responsabilização das petrolíferas na eventualidade de um desastre ambiental.

 

A próxima fase será uma proposta legislativa que poderá incluir as regras para a atribuição de licenças a companhias que têm já planos de emergência e meios financeiros para pagar eventuais desastres ambientais. Outra das medidas é obrigar a que as plataformas, que são controladas pelos governos nacionais, sejam avaliadas por peritos independentes.

 

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.